Ver Histórico



Procurar




  


Newsletter

Nome
  
E-mail
  




Links



Um convite a leitura

29/10/2007

Estou iniciando hoje, aqui, através da internet, o que posso chamar de uma nova relação com meus leitores, dos que gostam e dos que não gostam do que escrevo.

 

Este é meu primeiro comentário através da internet que, diariamente, será seguido por outros, de maneira ininterrupta, levando aos que tiverem a curiosidade de acessar o meu site, encontrar minhas opiniões, as mais sinceras, sobre os assuntos mais relevantes da atualidade, doa a quem doer, como sempre o fiz, buscando, acima de tudo, defender os interesses maiores da coletividade brasileira, notadamente dos mais oprimidos.

 

Meu comportamento, através dos comentários que faço semanalmente em A GAZETA, será sempre o mesmo. Sou, por tradição e por circunstância da minha formação, um adepto do direito, das liberdades individuais, da democracia, não dessa democracia que esse pessoal da esquerda petista insinua que defende, quando na verdade essa parcela de aventureiros defende um socialismo idiota, que tira a liberdade de todos nós.

 

Quero fazer tudo, mas tudo mesmo, para caminhar até o fim dos meus dias como jornalista independente, livre, absolutamente correto com tudo que faço, quer como jornalista, homem de empresa, chefe de família, brasileiro convicto de suas responsabilidades; serei firmemente honrado para dizer o que for verdadeiro, mesmo que seja contra minha pessoa.

 

Quero, entretanto, dizer que, acima dos meus interesses pessoais, estarão sempre os do meu Estado, do Brasil.

 

Sou por questões eminentemente de princípios pessoais contrário a esse tipo de “regime” que o Brasil ostenta, sob a chefia do “professor” Lula. Ponderável parcela da sociedade, principalmente aquela alimentada pelo Bolsa Família, está embevecida com as presepadas desse boquirroto fantasiado de presidente da República. O tempo vai dizer o quanto a Nação perdeu, elegendo esse esperto por duas vezes consecutivas. Uma, seria o bastante, para conhecer esse sabido e seu time de espertos, mas a sociedade que vota em Lula é igual a ele, tem os mesmos princípios, a mesma capacidade de raciocínio burro, sem objetivos, sem futuro, sem grandeza!

 

O que esta acontecendo com o Brasil será irrecuperável pelo espaço de 25 anos ou mais. Não tem preço o prejuízo que o país esta sofrendo com esse entrave ao seu desenvolvimento. Essa história de PAC, que esta sendo lançado como uma falácia no campo do desenvolvimento, faz parte de uma engrenagem mentirosa para enganar essa massa jovem que tanto aspira por oportunidades.

 

Um país com 38 ministérios e igual número de siglas partidárias, numa das mais vergonhosas distribuições de empregos públicos do mundo, não passa de uma nação infeliz, incapaz de se organizar, de estimular a geração com novas oportunidades, pela letargia que o emprego público  transmite ao cidadão, que se sente desestimulado, ganhando para não fazer nada...

 

É contra esse tipo de oportunismo governamental, essa falta de competência, que sempre me insurgirei, buscando mostrar à sociedade que ela pode ser independente, se buscar a educação, o trabalho produtivo, a coragem de dizer não a esse bando de trapalhões.

 

É preciso não ter medo, lutar pelo direito, repelir as ameças com coragem e determinação, dentro daquele processo: olho por olho; dente por dente...


Imprimir | Enviar para um amigo

A que ponto chegamos.

15/08/2018

 

A Alemanha é, na atualidade mundial, o país mais desenvolvido do mundo, vindo depois os Estados Unidos, Japão, Inglaterra e outros que, embora menores em população, como o caso da Suíça, Noruega, Suécia, ostentam padrões de desenvolvimento tecnológico importantes.

 

O criador das chamadas autovias alemãs foi Adolf Hitler que estabeleceu regras para a construção das autovias expressas com três e até quatro pistas separadas, para, em casos de colisões, não atrapalhar o tráfego.

 

A não ser nas proximidades dos núcleos populosos, existem as placas estabelecendo limites de velocidade. Fora disso, a velocidade é livre, porque as autoridades não admitem que no país onde automóvel foi criado, tidos como os melhores do mundo, com potências para percorrerem 300 ou mais quilômetros por hora, pudesse ter limitações como nas nossas rodovias, esburacadas, cheias de curvas e com uma pista em cada direção, uma rente à outra, como o caso de nossas principais BRs.

 

Sucessivamente a imprensa ostenta desastres terríveis, nas rodovias nacionais. É um crime ter rodovias importantes como as nossas BRs-101 e 262 com suas duas pistas e esburacadas como andam, num atestado eloquente de irresponsabilidade administrativa.

 

No caso presente, do Espírito Santo, que veio conhecer asfalto em suas importantes rodovias a partir de 1970, se constituem numa imoralidade sem limites.

 

Outro dia o senador Ronaldo Caiado leu da tribuna do Senado a relação dos “financiamentos” dados pelos governos de Lula e Dilma a duas dezenas de republiquetas vagabundas. Milhões e milhões de dólares, para obras em vários campos de desenvolvimento, principalmente rodoviários e portuários, quando a nação precisa de estradas modernas, portos os mais diversos, principalmente para o sistema de cabotagem (navegação interna) e, nós, financiando republiquetas vagabundas, como Cuba, Venezuela, Guatemala e por aí vai, sem um mínimo de responsabilidade.

 

Experimentamos 20 anos de desenvolvimento econômico e social no Brasil, a partir de 1964 até 1985, quando foi encerrado o chamado ciclo militar no poder. O avanço que a nação teve no período foi realmente um negócio espetacular. Éramos uma nação socada no 60 lugar em desenvolvimento econômico e social dentre as nações do mundo. Em 10 anos de governo militar ostentávamos o 8º lugar em desenvolvimento e, estranho, não avançamos mais, devido a roubalheira que aqui se instalou.

 

Em 2018 vamos enfrentar o maior desafio de todos os tempos: derrotar uma chusma de ladrões que se aboletou no poder. Tem ladrão preso que quer ser candidato a presidente da República. Vejam onde chegamos...

 


Imprimir | Enviar para um amigo



2014 2013 2012 2011 2010 2009 2008 2007 2006 2005   Anteriores »