Ver Histórico



Procurar




  


Newsletter

Nome
  
E-mail
  




Links



Um convite a leitura

29/10/2007

Estou iniciando hoje, aqui, através da internet, o que posso chamar de uma nova relação com meus leitores, dos que gostam e dos que não gostam do que escrevo.

 

Este é meu primeiro comentário através da internet que, diariamente, será seguido por outros, de maneira ininterrupta, levando aos que tiverem a curiosidade de acessar o meu site, encontrar minhas opiniões, as mais sinceras, sobre os assuntos mais relevantes da atualidade, doa a quem doer, como sempre o fiz, buscando, acima de tudo, defender os interesses maiores da coletividade brasileira, notadamente dos mais oprimidos.

 

Meu comportamento, através dos comentários que faço semanalmente em A GAZETA, será sempre o mesmo. Sou, por tradição e por circunstância da minha formação, um adepto do direito, das liberdades individuais, da democracia, não dessa democracia que esse pessoal da esquerda petista insinua que defende, quando na verdade essa parcela de aventureiros defende um socialismo idiota, que tira a liberdade de todos nós.

 

Quero fazer tudo, mas tudo mesmo, para caminhar até o fim dos meus dias como jornalista independente, livre, absolutamente correto com tudo que faço, quer como jornalista, homem de empresa, chefe de família, brasileiro convicto de suas responsabilidades; serei firmemente honrado para dizer o que for verdadeiro, mesmo que seja contra minha pessoa.

 

Quero, entretanto, dizer que, acima dos meus interesses pessoais, estarão sempre os do meu Estado, do Brasil.

 

Sou por questões eminentemente de princípios pessoais contrário a esse tipo de “regime” que o Brasil ostenta, sob a chefia do “professor” Lula. Ponderável parcela da sociedade, principalmente aquela alimentada pelo Bolsa Família, está embevecida com as presepadas desse boquirroto fantasiado de presidente da República. O tempo vai dizer o quanto a Nação perdeu, elegendo esse esperto por duas vezes consecutivas. Uma, seria o bastante, para conhecer esse sabido e seu time de espertos, mas a sociedade que vota em Lula é igual a ele, tem os mesmos princípios, a mesma capacidade de raciocínio burro, sem objetivos, sem futuro, sem grandeza!

 

O que esta acontecendo com o Brasil será irrecuperável pelo espaço de 25 anos ou mais. Não tem preço o prejuízo que o país esta sofrendo com esse entrave ao seu desenvolvimento. Essa história de PAC, que esta sendo lançado como uma falácia no campo do desenvolvimento, faz parte de uma engrenagem mentirosa para enganar essa massa jovem que tanto aspira por oportunidades.

 

Um país com 38 ministérios e igual número de siglas partidárias, numa das mais vergonhosas distribuições de empregos públicos do mundo, não passa de uma nação infeliz, incapaz de se organizar, de estimular a geração com novas oportunidades, pela letargia que o emprego público  transmite ao cidadão, que se sente desestimulado, ganhando para não fazer nada...

 

É contra esse tipo de oportunismo governamental, essa falta de competência, que sempre me insurgirei, buscando mostrar à sociedade que ela pode ser independente, se buscar a educação, o trabalho produtivo, a coragem de dizer não a esse bando de trapalhões.

 

É preciso não ter medo, lutar pelo direito, repelir as ameças com coragem e determinação, dentro daquele processo: olho por olho; dente por dente...


Imprimir | Enviar para um amigo

A novela continua.

20/06/2018

 

Depois de uma espera de 16 anos, finalmente, o Aeroporto Eurico de Aguiar Salles foi inaugurado em 29 de março de 2018 mas, interessante, a nova obra ainda não permitiu a utilização da sua nova pista, pela ausência de um aparelho, o PAPI (Indicador de Caminho de Aproximação de Precisão), tradução da sigla em inglês.

 

Não sei como imaginar que o Brasil vá pra frente, com essa gente medíocre no seu comando.

 

Não se constrói sem planejamento, sem um orçamento, sem um estudo de viabilidade técnico-econômico, um prazo certo para entrar em operação, para não sermos olhados como idiotas.

 

Apesar das críticas sobre a importância do empreendimento, no começo do primeiro governo Lula (se é que se pode chamar isso de governo), foi dado início à construção das obras dos canais para a transposição das águas do rio São Francisco. Trata-se de um empreendimento que vai atender milhares de pessoas que vivem no agreste nordestino, onde existe uma barreira que não deixa as chuvas caírem normalmente, daí a necessidade da construção de elementos decentes, para favorecer as pessoas que ainda estão com suas raízes no agreste brasileiro.

 

Não se sabe quando ficarão prontas as obras  dos canais para transposição das águas do rio São Francisco, uma questão simples de acumulação de água que, fatalmente, seria lançada ao mar, ficarão prontas, para beneficiar milhares de pessoas sem condições de produzir nada.

 

O desencanto de todos nós, brasileiros, não é a pobreza de uma grande ´parcela de sua sociedade, é a incapacidade dos nossos governantes para gerir um modesto caldo de cana à beira da estrada.

 

Como se constrói um Aeroporto, sem previsão de instalação dos equipamentos para sua operação de fato?

 

Falta alguém com a necessária coragem para dirigir esta nação. Maldito oportunismo dessa gente, que falência, o país tem com esta gente arcaica, sem um mínimo de coragem, de competência, para administrar.

 

Quando instalações de um Aeroporto, sem maiores sofisticações, demoram 16 anos para ficar pronto e, a peça principal, sua pista de pouso nova não pode ser utilizada, pela falta de equipamentos de segurança, há de se duvidar da inteligência das que comandam o país.

 

Afinal de que escola de burrice, de imprudência, de incapacidade gerencial que esses notáveis administradores saíram?

 

Quando uma obra demora 16 anos para ser concluída, por malversação  de recursos ou por burrice, dá o que pensar realmente...

 

 


Imprimir | Enviar para um amigo



1986 1985 1984 1983 1982 1981 1980 1979 1978 1977   Anteriores »