Ver Histórico



Procurar




  


Newsletter

Nome
  
E-mail
  




Links



Destruidora impunidade

02/07/2018

Pode até muitas pessoas acharem que não, que no Brasil não acontece nada de sério, de trágico, de dramático, porque o brasileiro é, acima de tudo um bocó, um trouxa um “quaquaquaquaracá” o que dizem os mexicanos, principalmente, os de língua espanhola chamam de corno manso, um maricas, um vai com as outras, por aí...

O Brasil, nós brasileiros, estamos numa espécie de limiar de grandes acontecimentos políticos e sociais, pelas aberrações da impunidade que assistimos, principalmente da que está vindo da que chamam de Suprema Corte de Justiça, com esses atos de soltura de criminosos os mais audazes, que delapidaram os cofres públicos, quase quebraram empresas como a Petrobrás, Eletrobrás, Banco do Brasil, Caixa Econômica, BNDES, Correios e outras quase que irrecuperáveis.

A chamada chicana promovida por advogados pagos a   peso de ouro para intentarem medidas judiciais para soltarem Lula, José Dirceu e outros bandidos, pode inviabilizar a nação, explodir o país com acontecimentos realmente impressionantes, pela violência, porque certas autoridades imaginam que o povo é covarde, quando na realidade tudo tem um limite e o nome de Gilmar Mendes soa como um vitupério, um imenso palavrão de imoralidade, que é tremendamente espantoso como a vulgaridade atingiu membros da mais alta corte de justiça do país, como se estivéssemos numa Venezuela, apodrecida, desmoralizada, devido exclusivamente às suas autoridade totalmente desqualificadas para a profissão que exercem.

Essa gente sem escrúpulos, não está enxergando o trabalho impar que está sendo desenvolvido no campo da Justiça pelo juiz federal Sérgio Moro, um corpo de promotores, a própria Polícia Federal e uma meia dúzia de juízes espalhados que querem ver o país mudar, que querem acertar, mas sofrem os empecilhos daqueles que acham que mesmo estando acima dos limites da impunidade, nada os atinge.

É inacreditável que de dentro da cadeia, onde foi condenado a 12 anos de prisão, Lula e sua turma age com um grande descaramento para se tornar candidato à presidência da República, como se nada tivesse acontecido, como se ele fosse um semideus, um sujeito do outro mundo, um Messias, para nos salvar, quando na verdade, com sua companheira Dilma e um bando de ladrões ajudou a destruir com a economia do país, participando de atos indecorosos no campo da corrupção, como se ninguém estivesse vendo.

Isso tudo que está acontecendo, essa monstruosa impunidade, irá levar o país para uma posição desastrosa.

Quem viver mais seis meses, verá...


Imprimir | Enviar para um amigo