Ver Histórico



Procurar




  


Newsletter

Nome
  
E-mail
  




Links



Falta uma consciência nacional

01/10/2019

 

Nós brasileiros precisamos ter mais consciência do formidável território que habitamos. São oito milhões de quilômetros quadrados contendo impressionante belezas e naturais e recursos minerais que, estranho, potências estrangeiras tentam, através dos mais indecentes artifícios, como subvencionando o não desmatamento ou alimentando ONGs para vigiar tais territórios indígenas, onde se assentam, estrategicamente, descobertas, importantes jazidas minerais que, mais precisamente a Europa, deseja “guardar” tais riquezas para seu futuro...

Ao sabor da burrice ou da incapacidade de venderem por qualquer meia dúzia de “patacas”, certas autoridade ou dirigentes de estatais, sem um mínimo de escrúpulos, como foram dirigentes da Vale do Rio Doce e Petrobras, exportaram o que quiseram a troco de centavos de dólares, ou impediram o desenvolvimento econômico e social do país, com base de independência econômica através da estatização das empresas, para pilhar seus cofres de forma impiedosa e cruel.

O uso dos recursos públicos de forma criminosas para distribuir renda mínima com a população pobre, dentro do Bolsa Família, para que milhões de pessoas (muitas ludibriando a instituição do óbolo), se tornaram escravas da classe política perdulária e cruel que explorou os sentimentos de pobreza daqueles que, improdutivo, engordavam as filas semanais para jogar no Loteria Esportiva, da Caixa Econômica Federal, um os exemplos mais indecentes e cruéis de arrecadar dinheiro dos pobres...

Através da internet, o mais moderno mecanismo de comunicação entre pessoas, a partir exatamente do ano 2009/10, o mundo passou a despertar uma nova era, das comunicações através das redes sociais, onde as comunicações entre pessoas provocou um despertar novo para as coisas mais importantes que se passavam no mundo, com tanto ou maior efeito do que a TV, porque com a utilização do WhatsApp, em frações de segundos, as notícias dão à volta ao mundo, gerando em 2017 um fato inédito nas comunicações interpessoais, com a vitória do primeiro presidente da América do Norte, Donald Trump, rechaçando qualquer participação da mídia tradicional na sua campanha política.

Foi através das mesmas redes sociais que o deputado federal, Jair Messias Bolsonaro, com o apoio de um dos menores partidos políticos da história da nação, contando com o apoio exclusivo das redes sociais, sem gastar centavos com propaganda, destruiu o PT e sua formidável entourage, centros da maior núcleo de esquerda da América do Sul, com objetivo de reformular todos os princípios políticos econômicos e sociais que visavam implantar o comunismo no Brasil, tendo como base o chamado Foro de São Paulo, inspiração de Fernando Henrique Cardoso, Lula, José Dirceu e outros inconsequentes que não imaginaram curtir seus fins de vida na cadeia, como refinados ladrões da Pátria, sob a inspiração do juiz Federal Sérgio Moro, auxiliado por uma dezena de procuradores federais e a Polícia Federal.

O povo brasileiro precisa redescobrir a grandeza do território nacional, que tem uma Bandeira, um Hino e um puta território rico, unido, que precisa ser amado, respeitado, confiando sempre na instituição que toda vida, desde sua formação, lidera as preferências nacionais com seus 85% de apoio da população, nossas Forças Armadas.

 

 

 


Imprimir | Enviar para um amigo