Ver Histórico



Procurar




  


Newsletter

Nome
  
E-mail
  




Links



Regina Duarte e os esquerdopatas

04/02/2020

 

Circunstâncias de governabilidade levou o presidente Jair Messias Bolsonaro convocar a artista Regina Duarte para a chefia da pasta da Cultura, com a demissão do sr. Roberto Alvim, que andou falando algumas impropriedades, provocando uma “revolta” contra sua pessoa.

Conheço a artista Regina Duarte de televisão, e até me simpatizo com ela. Sua indicação para a pasta da Cultura provocou uma estúpida reação, até de companheiros seus de profissão, como se ela não devesse aceitar a indicação, por serem os “artistas” de “esquerda” contrários ao governo Bolsonaro.

Todo chamado mundo artístico brasileiro, que vivia sugando nas tetas gordas da chamada Lei Ruanet, para produzir peças de baixa qualidade e com enormes problemas de prestação de contas por parte dos mamadores, perderam a “bocada” e sabe que Regina não vai dar “sopa”, ama o Brasil.

A guerra contra a posse de Regina Duarte na secretaria de Cultura do governo Jair Messias Bolsonaro vem da parte de turma da “esquerda”, aquela defensora de Lula, Dilma e de tudo que há de mais ordinário na política nacional, como se a cultura tivesse esse lado ordinário a defender.

Deixem a senhora Regina Duarte trabalhar. Quem sabe, será uma grande incentivadora cultural. O que essa gente esquerdopatas quer, afinal?

Dona Regina, para se dedicar à secretaria de Cultura deixou um contrato que tinha com a TV Globo, há mais de 50 anos, onde percebia de remuneração, como afirmam, cerca de 150 mil reais mensais. Não importa o quanto recebia e quanto vai receber, mas o certo é que a artista, em seus pronunciamentos corajosos promete defender a Cultura nacional que, nos parecer, meio largada nas mãos de gente sem a necessária qualificação, há muitos anos. Se fosse prudente no seu linguajar, o sr. Roberto Alvim estaria no cargo, mas tem pessoas que não podem assumir certas posições, acham que, em forma de deuses, caíram na terra para felicidade deles, uma espécie de gente de poucos escrúpulos, que nunca irá para frente, porque não têm a nobreza da humildade, do caráter. Deixem Regina Duarte em paz.

 

 

 


Imprimir | Enviar para um amigo