Ver Histórico



Procurar




  


Newsletter

Nome
  
E-mail
  




Links



Confuso no Galinheiro.

04/04/2021

 

Em tempo de pandemia provocada por coronavirus, vale tudo, amor exacerbado pelo dinheiro, pelo poder, pela política e pelo ódio.

 

Embevecido com o pousar de uma mosca azul sobre sua orelha, induzindo-o a ser candidato (vejam só) a presidente da República, o nosso Governador passou a fazer um exercício de aprendiz de ditador, determinando uma espécie de lockdown com várias entradas e saídas, armando uma confusão no galinheiro político, cada qual, a seu modo, querendo botar um ovo maior do que o outro, como as velhas raposas prontas para dar o bote...

 

Como o decreto ditatorial de Casagrande é confuso, menos em algumas atividades, dizem que religiosos de vários matizes procuraram o prefeito de Vitória para pedir antecipação dos feriados para os dias que Casagrande determinou seu lockdown e o prefeito Pazolini, iluminado por grupos religiosos, mandou à Câmara, que aprovou, num piscar de olhos a transferência dos feriados municipais de Nossa Senhora da Penha, Corpus Christis e Nossa Senhora da Vitória previstos para 12.04, 03.06 e 08.09 para:  30 e 31.03 e 01.04, tudo de acordo com o Decreto Lei Municipal 9.750/26/03/2021.

 

Os demais municípios do Estado, notadamente da Grande Vitória, não aceitaram as mudanças determinadas por Pazolini, estabelecendo-se a confusão que a insensatez permite, porque, cada qual a seu modo, quer mandar no “galinheiro”, ficando o povo trabalhador, com a cara de bobo, sem saber o que fazer.

 

Agora, dizem, o prefeito Pazolini errou na dose. A antecipação dos feriados era só para servidores municipais.

 

Cada dia estou mais convencido de que, nada endireita o país, dos feriados e dos ratos, também.

 

Quando ministros da Suprema Corte fazem de papel higiênico a Constituição, revirando está “pinóia” de pernas para o ar, o que se pode imaginar como será o dia de amanhã?

 

Na antevéspera do dia 31.03.64 eu estava completando 33 anos. Tinha certeza que só um golpe militar salvaria o Brasil do comunismo. E salvou, transformando-o de 60ª economia mundial em 8ª.

 

Agora, para esta merda se transformar em comunismo basta o STF mandar Bolsonaro para casa, o que não me parece muito difícil. Basta Gilmar, Toffoli, Fachim, sei lá quem mais, assinar uma medida monocrática para virarmos um penico velho, mais fedorento do que já somos, nas mãos desses comunistas de merda, que estão aboletados nos estados.

 

E as Forças Armadas? Onde estão? Querem mais impunidade? Esses bandos de ladrões à solta, que praticam os maiores assaltos a cofres públicos do país, em liberdade, pregando abertamente o comunismo, governadores os mais corruptos cagando regras diariamente sobre o que não sabem, não vale nada?

 

Só pelo que faz a Suprema Corte, as Forças Armadas deveriam ter dado um basta a muito tempo, mesmo com o sacrifício do Bolsonaro. O Brasil assiste pasmo, seu naufrágio.

 

 

 

 

 


Imprimir | Enviar para um amigo