Ver Histórico



Procurar




  


Newsletter

Nome
  
E-mail
  




Links



Um fato novo na poltica.

10/04/2021

 

Por enquanto, vamos ao fato mais novo e mais importante na vida política do Espírito Santo, que poderá nos trazer uma grande transformação para melhor: o ex-senador e ex-vice-governador Ricardo Ferraço entrou para a presidência do DEM para concorrer ao governo do Estado nas próximas eleições.

 

A notícia, que eu já tinha dado há dois meses, mais ou menos, fruto de um almoço em Guarapari, quando o ex-senador foi convidado a entrar no DEM, finalmente surgiu no noticiário das redes sociais com maior amplitude, coroando a notícia com sua posse no novo partido escolhido, sua eleição para presidir o mesmo no Estado do Espírito Santo e sua definida indicação como candidato ao governo do Estado, para suceder o desastrado Renato Casagrande de, desesperado saiu correndo em ação política pelo interior do Estado, falando das ações do seu governo paras “engordar” o coronavirus e esmagar o trabalhador e o empresariado, tirando o emprego de muitos e liquidando com a economia do Estado , com o fechamento de seus estabelecimentos.

 

Ricardo Ferraço vai organizar o DEM no Estado e arranhar um corpo seleto de políticos com objetivo de colocar o combalido Estado do Espírito Santo nos trilhos, descarrilhado com as trocas infelizes de Paulo Hartung para Casagrande e Casagrande para Paulo Hartung, numa sucessão de erros e interesses pessoais que estão destruindo o Espírito Santo.

 

Com suas políticas pessoais, curtindo suas vaidades, Paulo Hartung e Casagrande quase destruíram (ou destruíram?) a economia do Estado do Espírito Santo. Parece que os referidos senhores uniram todas as forças para liquidar com a economia do estado. O despencar econômico, o fechamento de milhares de estabelecimentos comerciais, o despencar da frágil indústria que tínhamos, tudo foi obra e graça desses dois senhores ambiciosos para se perpetuarem na política, cada qual reinando a seu modo.

 

Hartung, ao final do seu último governo, tremendamente inconsequente, prometeu encerrar sua carreira política. Está ensaiando ser candidato a senador na vaga de Rose de Freitas. Casagrande quer ser presidente da República, com o apoio de Lula (desgraça pouca é bobagem), com a intenção, sem dúvida, de destruírem o Brasil.

 

Está na cara o pavor dos hartunguistas, casagrandistas, petistas e outros trapalhões da nossa política com a posse recente do ex-senador Ricardo Ferraço na presidência do DEM e, mais do que provável, candidato a Governador, para suceder os desgovernados casagrandistas.

 

O ex-senador Ricardo Ferraço não é uma “criação” do prefeito Edson Magalhães, de Guarapari. É uma exigência da família capixaba, que não suporta assistir à destruição do Estado por esses travestidos de comunistas, mas que adoravam a Odebrecht.

 

 

Vou duvidar muito, se essa gente ruim voltará ao Poder. O Espírito Santo e seu povo merecem coisa melhor.

 

 

 

 


Imprimir | Enviar para um amigo