Ver Histórico



Procurar




  


Newsletter

Nome
  
E-mail
  




Links



Tudo em nome de Deus...

18/10/2019

 

“Religiões, é a arte de iludir os bobos...” É o que dizia meu pai, quando se referia à multiplicidade de seitas, dos aproveitadores os mais diversos, cada qual a seu modo, buscando se enricar mais e mais.

A história da religião católica vem há mais de dois mil anos (não é a mais antiga, mas é a mais organizada), sobre uma “história” de que Jesus (intitulado filho de Deus), pediu a Pedro, um de seus discípulos, para erguer um templo. As guerras das religiões, as histórias dos papas, um pior do que o outro, até que, em 28 de setembro de 1978, apenas com 33 dias designado como papa, Albino Luciano (João Paulo I) morreu envenenado, pela revolução que pretendia realizar, com profundas modificações no comando do Vaticano, principalmente na condução dos negócios do Banco Ambrosiano, da propriedade da Santa Sé.

A história da morte por envenenamento do Papa João Paulo I é contada no livro EM NOME DE DEUS, de autoria de David Yallop, com base nas investigações em torno do assassinato do Papa João Paulo I.

Na ocasião do assassinato, a religião católica abrigava em torno de, aproximadamente, um quinto da população do mundo. O grande declínio do catolicismo começou aí, após seu trágico desaparecimento, quando informações maiores, mais detalhadas foram ampliando os fatos, culminando com o afastamento do Papa Ratzinger, de nascimento alemão, que não suportou as pressões morais irresistíveis, preferindo renunciar ao papado, sendo substituído pelo atual prelado (cor de rosa) Francisco, argentino de nascimento, um recepcionista de governantes corruptos e sanguinários.

Assistimos agora, recentíssimo, a elevação da irmã Dulce, uma religiosa de procedência baiana, a religiosa Maria Rita Pontes, a Santa Dulce, graças ao “reconhecimento” de dois milagres de seus pretensos devotos.

A beatificação da Irmã Dulce como santa se dá no instante onde se acentua o declínio da Religião Católica em todo mundo, mais precisamente no Brasil, onde existe um avanço extremamente forte das igrejas evangélicas, exatamente pela perda de crédito do catolicismo perante a grande comunidade pobre, a parte mais sensível a ser conquistada pelo avanço dos evangélicos, que se estendem hoje por todos cantos do mundo.

Como existe uma grande debandada de católicos no mundo, mais exatamente no Brasil, o vaticano andou pinçando onde buscar sensibilizar o “rebanho errático”, beatificando novos (cinco) santos (irmã Dulce, Giuseppina, John Newman, Mariam Thresia Mankidiyan e Maguerite Bays, em solenidade realizada na praça de São Pedro, em Roma, no dia 13.10, domingo).

Coisas do catolicismo.


 

 

 


Imprimir | Enviar para um amigo

Algo de anormal deve acontecer.

17/10/2019

 

Vem do México, do município de Las Margaritas, a notícia que o prefeito Jorge Luis Escandón Hernández, foi amarrado a uma caminhonete e arrastado pelas ruas por manifestantes, pelo descumprimento de uma promessa de campanha política, de asfaltamento de uma estrada.

 

Os populares invadiram a prefeitura e retiraram Escandón à força do seu gabinete, amarrando-o e arrastando-o pelas ruas do lugarejo, precisando um grande contingente policial para salvá-lo da fúria popular.

 

Se a moda pega, acho que uns 90% dos políticos brasileiros devem colocar suas barbas de molho, pelas promessas não cumpridas. São tantos a prometerem trem bala, escadas rolantes nas favelas, teleféricos, viadutos, pontes, melhoramentos que não acabam nunca, obras inacabadas às centenas, prisões que acabam em liberdade condicional ao sabor de uma tornozeleira, tudo acontece no Brasil do faz de contas, onde até o ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, se viver 500 anos, não pagará todas condenações que lhe imputam pela mais deslavada roubalheira. Não era do PT, era do DEM. Não tem partido que se salve...

 

Aqui no Espírito santo, desde que se elegeu prefeito, lá do meu São Mateus, o sr. Daniel Barbosa,  o Daniel do Açai, tá na iminência de ter o mandato cassado pelo TSE, depois de três anos de mandato. Se puder apelar para o Supremo Tribunal, deve permanecer até fim do mandato... Quem sabe, ganha outro...

 

Venezuela, Guatemala,, Peru, Equador, Bolívia, Argentina, está tudo com os pés na cabeça, através de revoltas populares. Não duvido que as coisas caminhem em direção ao Brasil. Há um cansaço, uma fadiga profundamente irritante, contra o chamado homem público. Nada contenta essa gente que tomou conta da política nacional. Está tudo contaminado, há uma campanha contra o Supremo Tribunal, a mais importante corte de justiça do país que é um escândalo, uma vergonha, os ministros são escorraçados por onde passam, os políticos, se duvidarem, acabarão como o prefeito de Las Margaritas, no México, quase estraçalhado, ao ser arrastado pelas ruas de sua cidade, por não ter cumprido com a palavra. Aqui no Brasil, Lula canta de galo no terreiro da Polícia Federal, em Curitiba.

 

Dá para esperar?

 

 

 


Imprimir | Enviar para um amigo



« Recentes   2229 2228 2227 2226 2225 2224 2223 2222 2221 2220   Anteriores »