Ver Histórico



Procurar




  


Newsletter

Nome
  
E-mail
  




Links



Tragédias anunciadas.

25/01/2020

 

Vez por outra as forças brutais da natureza nos pregam impressionantes peças e, esquecidos, nos colocamos nos cantos a chorar nossas tragédias, sem nos importarmos de que somos os únicos responsáveis por elas.

 

A natureza não manda recados, as vezes engana até as previsões climáticas nos diversos sistemas instalados pelos governos, principalmente no caso das chuvas ou nevascas.

 

Os territórios próximos às costas marítimas, ou dos grandes lagos, mundo afora, estão sujeitos a grandes inundações ou chuvas torrenciais, como ocorreu recentemente em municípios do Sul do Estado do Espírito Santo ou acontece quase que regularmente nos Estados do Rio e São Paulo.

 

Um fator mais responsável pelas enchentes, o transbordamento de rios e seus afluentes é a erosão que leva ao assoreamento, provocando as grandes catástrofes, como nos casos de Iconha, Alfredo Chaves e outros municípios. Cidades construídas nas proximidades de rios, embora pequenos, seus transbordamentos (por força da erosão) elevam o nível das águas, que provocam a destruição.

 

A natureza não manda recado. Quando ela cisma, prega suas peças, de surpresa, vindo, então, os curiosos a colocar culpa no desmatamento, no aquecimento global, um monte de asneiras, sem avalia que as cidades estão sendo desordenadamente construídas, com um criminoso favelamento à beira de rios e lagos, onde joga-se fora todo o lixo das cidades, agravando a situação.

 

Pra tudo tem jeito, menos para a morte. Se nossos governantes se aperceberem de que as coisas precisam ter um ordenamento, não iremos assistir grandes tragédias, como os recentes acontecimentos no Sul do Estado do Espírito Santo, onde centenas de famílias perderam seus pertences, por culpa exclusiva da incompetência dos nossos governantes que estão pouco ligando para o assoreamento dos nossos rios e lagos.

 

Mais tragédias virão. É só chover forte...

 

 

 


Imprimir | Enviar para um amigo

Pressupostos

24/01/2020

 

Sob a pressuposição de que Adolf Hitler, foi considerado o maior genocida da história do Século XX, na conferência de Yalta, em fevereiro de 1945, no final da Segunda Guerra Mundial,  Stalin propôs, como “reparação” a divisão da derrotada Alemanha pelas potências tidas como vitoriosas – Estados Unidos, Inglaterra, União Soviética e França – criava-se a República Democrática Alemã, tendo como divisão a construção do chamado Muro de Berlim (Muro da Vergonha) e Hitler era acusado de ter mandado matar seis milhões de judeus, banindo-se da face da terra a palavra nazismo, pelo simples fato de ter sido ideia do Adolf Hitler extinguir todos comunistas.

Nesses 75 anos do término da Segunda Grande Guerra muita coisa aconteceu pelo mundo. O comunismo e a União das Repúblicas Soviéticas foram extintos sob o comando de Gorbatchov, que sofreu um “golpe de estado” sob o alto comando das Forças Armadas da URSS, precipitando o fim do sistema de governo comunista, assumindo o poder o dirigente populista, Boris Ieltsin, após 78 do regime comunista soviético.

No dia 17 de janeiro de 2020, por decisão o do presidente da República Federativa Brasileira, sob o comando de Jair Messias Bolsonaro, foi destituído da função de secretário da Cultura, Roberto Alvim, que teria se inspirado num discurso pronunciado por Joseph Goebbels em 1933, na condição de ministro da Propaganda de Adolf Hitler, anunciando uma “virada histórica” nas artes do Brasil. Caíram de pau sobre o rapaz, influenciando na sua demissão, devendo seu cargo ser ocupado pela artista Regina Duarte.

Acho o pronunciamento do sr. Roberto Alvim uma imbecilidade mas, partir-se do pressuposto de que ele seja a “reencarnação” de Joseph Goebbels ou um representante nazista no governo Bolsonaro é de um estúpida ingenuidade. Stalin, prova-se, mandou matar 25 milhões de alemães, judeus de diversas nacionalidades, não baniram a palavra comunismo do sistema político do mundo e o PC do B no Brasil tem meia dúzia de adeptos. Vamos dar vivas a quem?

 

 

 


Imprimir | Enviar para um amigo



« Recentes   2278 2277 2276 2275 2274 2273 2272 2271 2270 2269   Anteriores »