Ver Histórico



Procurar




  


Newsletter

Nome
  
E-mail
  




Links



Venezuelanos banidos pela fome

24/08/2018

 

Tenho pavor desse negócio de ficar “trepado” no muro sem definir de que lado quero pular! Esse tipo de indecisão jamais me atingirá. Tenho dito a amigos e até meus familiares, quando morrer quero ser cremado, vai como uma declaração de próprio punho, simplesmente porque não quero que meus familiares fiquem pagando IPTU pela minha sepultura. Visita depois de enterrado, como dizia minha mãe, não vale nada...

Está acontecendo um episódio desagradável em Roraima, onde pequenas cidades na fronteira com a Venezuela, principalmente Pacaraima, estão sendo invadidas por refugiados que estão fugindo do governo de Nicolas Maduro, um ignorantão que quer por que quer implantar o socialismo bolivariano e vem merecendo a repulsa do seu povo.

 

A invasão da cidade de Pacaraima, em Roraima, na fronteira com a Venezuela mereceu a repulsa da coletividade local, depois que venezuelano assaltaram um comerciante, espancando-o, provocando a revolta popular, com a destruição de acampamentos de refugiados, queima de seus pertences e empurrando-os para além da fronteira, gerando uma ação das Forças de Segurança Nacional, para impedir maior conflito.

 

Esse tipo de invasão, sob a idéia de refugiado sem ser, vem ocasionando problemas pelo mundo, principalmente nos Estados Unidos, para onde todo mundo quer ir, sob o pretexto de que ali “reina paz”, trabalho e riqueza...

Não sou contra as pessoas que gostam de ventura e buscam a migração, como acontece com muitos brasileiros que gostam de ir para a Europa, Estados Unidos, Japão, Canadá, por aí, mas não em proporções de “refugiados”, apenas em busca de aventura e dinheiro, e pouco trabalho, quando nesses países, para sobreviver, o cara tem que dar um duro danado. Como se atrevem, brasileiros, a irem para os Estados Unidos? Será que eles sabem que lá, não tem 13º salário, FGTS, PIS, carteira profissional e outras besteiras que, por aqui abundam?

Acho que esses venezuelanos que para aqui correm deveriam lutar para derrubar seu governante estúpido, que quer se perpetuar no poder, como se fosse uma ave rara...

Estamos precisando reagir, não com violência, mas com a razão, mandando essa gente embora, para atormentar seu dirigente, um idiota que não quer largar o governo, exatamente com medo de ser decapitado...

Ficar contra o governo de Roraima porque não quer aquele amontoado de refugiados em suas ruas, nos parece um contrassenso. A multidão que chega faminta da Venezuela quer um tratamento diferenciado, o que não é possível, a não ser em detrimento de nossa própria sociedade.

 

Manter essa gente á distância, é uma boa solução.

 

 


Imprimir | Enviar para um amigo

De ruim a péssimo.

23/08/2018

 

Hoje, falar e escrever precisa ter cuidado. Aparece de lá, alguém meio idiota, meio boçal para dizer que você está dizendo ou escrevendo é racismo, homofobia, um amontoado de tolices que as vezes encontra ressonância por parte de certo tipo de imprensa ( e até de justiça).

 

O quadro político nacional é profundamente pobre de homens, mulheres e de idéias. De ideal, essa turma tem como objetivo, a meu ver, ficar eternamente na política, sugando...

 

Outro dia, quando se fechou o quadro político capixaba (o nacional não fica atrás), passamos a contar nos dedos os candidatos e seus respectivos vices. Por que vice?

 

Tem cada candidato deslustrado de conhecimentos que, vou te contar! Onde vai parar essa tal de democracia, com tanta falta de gente?

 

Um amigo, de Vila Velha, tradicional “canela verde”, reparava na roda que um município tão importante se fixava na família Max como se ali só existisse ela e a população ficava sem perspectiva de desenvolvimento, muito embora tivesse muito mais campo para expandir do que os demais da Grande Vitória.

 

Nosso Governador Paulo Hartung, contrariado com a vida pública, naturalmente com a baixa representatividade, o exercício da traição, a pressão dos que só querem emprego, cargos, sem a necessária competência, fizeram-no desistir da recandidatura que, no meio da baixa qualidade de concorrentes, ficar à margem, soa um tanto ou quanto melhor.

 

Dizem quer o candidato à presidência da República, Jair Bolsonaro, vai colocar a mão na cabeça do candidato a governador, Carlos Manatoque, aliás, apresenta o melhor candidato a vice, sem desfazer dos demais que, por estarem vivos, merecem votar e serem votados...

 

Todo mundo pergunta: em quem votar? Quem é novo na política, quem nunca foi eleito para nada, nenhum cargo eletivo? É um negócio muito raro, um cara notoriamente inteligente, que nunca tenha sido eleito para nenhum cargo eletivo e possa ser experimentado no comando de um Estado, da Nação, de um município.

 

Como os demais, o Espírito Santo não tem dinheiro para promover grandes projetos de infraestrutura para seu desenvolvimento. A monstruosa carga tributária, a indefinição do quadro econômico, o empreguismo irresponsável, em funções vitalícias, tudo isso vai criar um problema sério no Brasil.

 

Na situação que está, não pode continuar. Vamos ver o Brasil que Temer vai largar nas mãos de Bolsonaro. Vamos aguardar.

 


Imprimir | Enviar para um amigo



« Recentes   2018 2017 2016 2015 2014 2013 2012 2011 2010 2009   Anteriores »