Ver Histórico



Procurar




  


Newsletter

Nome
  
E-mail
  




Links



Em socorro às mulheres

24/12/2018

 

 

 

João de Deus está preso e vai pagar pelos crimes cometidos contra dezenas de mulheres que acreditavam em seu curandeirismo safado, onde seu membro viril era responsável para curar o que se supunha incurável pela ciência.

 

Não há milagres, não existem obras movidas por algo que lhe possa parecer diferente, sobrenatural.

 

Infelizmente, pessoas quando estão com problemas graves, incuráveis, se apegam a qualquer coisa, quando a medicina constata que não há mais o que fazer mas, no meio da agonia, sempre aparece alguém querendo dar uma de conselheiro e manda procurar um médium, curandeiro, ou algo semelhante. João de Deus nunca curou ninguém, ao contrário, os fatos mostram que é um tarado, um monstro, que se aproveitava de suas pacientes, principalmente e, dos homens, apenas extorquia dinheiro, daí sua riqueza, conquistada da forma mais ilícita possível, enganando pessoas, famílias necessitadas de uma cura, algo que pudesse suavizar a dor.

 

A melhor ideia, para qualquer pessoa, para curar todos seus males, a parte mais importante é procurar um bom médico, principalmente um especialista, para tratar de seus problemas, muito embora, existem casos também de certos profissionais desejarem espichar a vida de alguns pacientes terminais, com o intuito de ganhar mais dinheiro. O mundo é redondo e ninguém está preparado, diante da dor, da iminente morte de um ente querido, buscar sua salvação, as vezes até duvidando de que João ou outro filho... possa realizar um milagre.

 

Embora a grande maioria das sociedades seja dependente de cisma ou preconceitos sobre tais “feiticeiros” dos temos modernos, invariavelmente, acabam quebrando a cara, do mesmo jeito que pessoas que se dizem inteligentes deixarem ser levadas por delinquentes fantasiados de bobos, oferecendo vantagens, como prêmio que tirou na loteria, mas que vai viajar, não tem tempo de esperar o dinheiro ser liberado pela Caixa ou outros mecanismos de enganação.

 

Há muitos e muitos anos João de Deus cometendo suas indignidades, as falsas curas para todos os males. Felizmente, apareceram mais de 300 mulheres para relatarem suas odisseias nas mãos de um criminoso vulgar, cínico, que precisa mofar na cadeia, como exemplo para aqueles que acreditam em milagres.

 

Cadeia para João de Deus, junto com Lula...

 

 

 

 


Imprimir | Enviar para um amigo

Esquerda intolerante

23/12/2018

 

 

Quem acompanha o noticiário política nacional, a fórmula com que o futuro presidente da República, Jair Messias Bolsonaro ganhou as eleições, quem sabe os métodos e modos com que vem agindo o PT e seus companheiros de esquerda quando querem triturar os que se opõem aos seus desejos, pode avaliar, sem medo de errar, o processo vil, indecente, que se monta para denegrir a imagem do presidente eleito Bolsonaro e seu futuro ministério, com objetivo único de colocar uma parte da nação contra o novo sistema político que vai ser inaugurado a partir do dia 1º de janeiro de 2019 no Brasil, ao que parece sob os auspico da Direita Democrática.

Foi montada na chamada América Latina, com a grande participação de parcela da classe política, uma espécie de ódio, de raiva do povo americano, do povo só, exclusivamente, não dos dólares e à impressionante liberdade que reside na América.

Você pode imaginar do porque tanta gente se encontra acampada na fronteira entre Estados Unidos e México? Por que essa tremenda paixão pela América? Se detestam tanto os americanos, como enfrentam o perigo de vida para pular a barreira da fronteira?

Qualquer um de nós, mesmo com suficiente saber, condições econômicas razoável, jamais se aventuraria ir para a América em busca de um lugar melhor para trabalhar. Mesmo com todas dificuldades existentes em nosso país, é preferível que permaneçamos onde nascemos do que enfrentar as hostilidades. Os problemas mundiais no campo do terrorismo forçaram todas nações a restringir o número de visitantes indesejáveis. Qualquer latino sabe que o americano detesta estrangeiro, especialmente latinos, negros, como ir para um lugar onde nos rejeitam, como indesejáveis?

Será que falta a todos os povos, como a nós, respeito em nós mesmos? Se eu sei que alguém me rejeita, e eu a ela, finjo que ela não existe, uma maneira mais fácil, mais simples de se viver sem ter contrariedades.

Há muito tempo deixei de ir a certos tipos de festas, reuniões dessas laudatórias, de elogios baratos a alguém, conferências por pseudos sábios que não sabem nem para onde o vento está ventando. Reuniões da hipocrisia, por exemplo. Por que ir lá? O que vou ganhar? Nada! Absolutamente nada!

Uma vez o monsenhor Guilherme Schmitz, lá do meu São Mateus, de onde foi enxotado pelos “religiosos” combonianos, me disse: A melhor forma de viver, é na sua terra.”

Quando aprendermos a chamada “teoria de Monroe”, governante americano, logo após ao término da escravidão? “A América, para os Americanos”. Se um dirigente americano tem tal pensamento e ver isso sendo consagrado, através dos tempos, por que duvidar? Deixem os americanos em paz.

 

O que os nossos comunistas estão fazendo às vésperas da posse do presidente Bolsonaro, é uma indignidade. Certamente não irá prosperar. 

 

 

 

 


Imprimir | Enviar para um amigo



« Recentes   2080 2079 2078 2077 2076 2075 2074 2073 2072 2071   Anteriores »